background



Como parar de pensar negativo?

Por vezes é muito difícil aplicar as técnicas de fazer uma lista de gratidão/apreciação ou mesmo uma lista de positivos quando estamos em estados emocionais muito negativos.

Isso acontece porque o nosso estado mental negativo não permite um funcionamento normal do nosso cérebro, que fica com uma área hiperativa, com as sinapses disparando exageradamente e não permitindo a entrada de sinais do restante do cérebro. Se o restante do cérebro estivesse funcionando normalmente e se o input dessas informações pudesse ser recebido pela área em curto-circuito conseguiríamos ter um olhar mais amplo, relativizar a situação, perceber a ausência de risco no momento e assim por diante. Mas quando estamos negativos nosso cérebro não funciona homogeneamente, deixamos de ter acesso a uma série de informações e acabamos distorcendo a realidade. Neste momento é natural que tenhamos dificuldade em pensar qualquer coisa diferente do que já estamos pensando.

Uma forma de lidarmos com isso é através de um processo de modificação gradual do pensamento partindo do pensamento negativo. Neste processo você procura lembrar exemplos contrários àquilo que você está pensando e procura lembrar todos os argumentos que te ajudem a relativizar aquele pensamento negativo, mostrando para si mesmo que não é bem assim e que existem outras formas possíveis de enxergar a situação. Isso é muito eficaz e conduz qualquer um de um pensamento negativo a um pensamento de esperança ou até de entusiasmo.

Olha só um exemplo de um processo de modificação gradual do pensamento:

 

Estou me sentindo desanimado, posso estar entrando em depressão.

Será que estou entrando em depressão?

Eu lembro de já ter me sentido assim outros dias e depois ter melhorado.

Eu sei que o ser humano oscila bastante nas suas emoções.

É normal ter dias em que estamos um pouco mais desanimados.

Provavelmente foi algo que eu lembrei ou ouvi que me fez sentir assim, mas sei que logo irá passar.

Se já me senti assim antes e depois melhorei, por vezes no mesmo dia, é provável que eu irei melhorar hoje também.

Na verdade é possível que eu sinta mais disposição do que tenho sentido em um bom tempo.

Grande parte do nosso desânimo costuma ser decorrente do conteúdo dos nossos pensamentos.

Se eu focar a minha atenção nos aspectos positivos de tudo o que acontece na minha vida poderei com o tempo ficar muito treinado nisso.

Com certeza meu nível de energia subirá e eu experimentarei uma sensação de bem estar com maior frequência.

Gosto da ideia de poder ter influência sobre o meu nível de energia.

 

Viu como se faz? No final desta pequena conversa mental a pessoa já está sentindo alívio das emoções negativas que estavam sendo geradas pelos pensamentos negativos e por vezes já está até sentindo emoções positivas como esperança, leveza e ânimo.

Quando praticamos pensar deste modo com regularidade, treinamos o nosso cérebro a fazer isso automaticamente. Passamos a ter facilidade para encontrar pensamentos que produzem emoções melhores e o próprio cérebro nos ajuda, trazendo outra e mais outra lembrança e exemplos de situações a favor do que se deseja argumentar.

Nos tornamos cada vez mais leves, encontramos soluções mais fáceis para os problemas e torna-se difícil algo conseguir nos abater.

Outra forma de mudar os nosso pensamentos de rumo, quando estamos muito negativos, é simplesmente desfocar a atenção do pensamento em questão. Tentar meditar, não pensar em nada, ou praticar uma forma de meditação que é quando você presta total atenção ao momento presente, à sua respiração e ao que você está fazendo nesse momento. Essa prática é chamada de mindfulness e ajuda muito a desfocar a atenção do pensamento negativo e com isso faz com que aquela área do cérebro que está disparando excessivamente vá normalizando o seu funcionamento e o cérebro todo volte a funcionar homogeneamente.

A prática de mindfulness traz mais clareza mental, uma vez que ajuda o cérebro a se harmonizar e com isso conseguimos enxergar as situações de forma mais ampla e pensar com mais clareza. Além disso, paramos de sofrer ruminando o passado ou nos preocupando com o futuro, duas ações mentais que são a maior causa dos sofrimentos humanos. Passamos a viver com maior prazer, apreciando cada momento, e com isso torna-se natural termos um olhar mais positivo sobre tudo o que nos acontece. Conseguimos relativizar mais, enxergar explicações alternativas, e perceber mais o bem estar inerente à todas as situações. Com o tempo conseguimos perceber que mesmo situações de crise são motivo para muito crescimento... E com o tempo percebemos que como pano de fundo e de fato, tudo vai bem.

 
Trecho adaptado do livro “Transforme seus pensamentos, transforme sua vida”, de minha autoria.